Blog

Confira aqui todas as nossas notícias

6 hábitos da era digital que estão transformando a Farma e o Healthcare

A transformação digital está empoderando os pacientes a desempenharem um papel mais ativo no cuidado com sua própria saúde e tornando os processos mais eficientes para os provedores. Aqui estão 6 hábitos digitais que estão mudando o panorama farmacêutico e de cuidados com saúde.

6 hábitos da era digital que estão transformando a Farma e o Healthcare

 

A transformação digital está empoderando os pacientes a desempenharem um papel mais ativo no cuidado com sua própria saúde e tornando os processos mais eficientes para os provedores. Aqui estão 6 hábitos digitais que estão mudando o panorama farmacêutico e de cuidados com saúde.

 

1. A eficácia do tratamento agora é transparente

Tendências recentes de transformação digital fornecem aos pacientes e empresas da indústria farmacêutica acesso incomparável a dados sobre o impacto de uma estratégia de cuidados com a saúde ou produtos farmacêuticos, e, como estes podem afetar o bem-estar geral e suas vidas cotidianas. De acordo com a McKinsey, em um artigo intitulado O Caminho para o Sucesso Digital na Indústria Farmacêutica, o primeiro passo para se adaptar a esse influxo de informações valiosas é desenvolver processos para lhe capacitar a usar essa nova informação de forma eficaz. Ao fazer isso, as empresas farmacêuticas antigas e novas asseguram que elas se mantenham como a “principal fonte de autoridade sobre o desempenho de seus produtos”.

2. Visualização de dados para ampliar a acessibilidade

Para novas empresas farmacêuticas em processo de transformação digital de sua organização, isso significa que a forma como as informações são comunicadas e compartilhadas é crucial para o sucesso da empresa. O compartilhamento da inteligência baseada em dados deve ser feito de maneira que seja tangível e acessível a um público mais amplo, e não apenas as pessoas de mente científica. Por exemplo, a visualização de dados pode melhorar a forma como os dados dos pacientes são comunicados aos mesmos, ou como determinados medicamentos e tratamentos estão afetando diferentes aspectos do sistema fisiológico.

   3. Os pacientes são empoderados a desempenhar um papel ativo em seus próprios cuidados com a saúde

A McKinsey cita uma pesquisa na qual mais de 85% dos pacientes se sentiram confiantes em sua capacidade de assumir responsabilidade pessoal por sua saúde e entender como os mesmos podem acessar recursos digitais e on-line para auxiliá-los. Devido à enorme quantidade de informações digitais acessíveis à profissionais de saúde e produtos farmacêuticos as pessoas sentem-se mais à vontade para assumir o controle seu bem-estar.

   4. Assistência Virtual 24/7

No relatório Tendências Digitais em Healthcare e Farmacêutica 2017 da Econsultancy, aproximadamente 500 entrevistados do setor de saúde e indústria farmacêutica participaram da definição de quais áreas do marketing digital serão “muito importantes”, nos próximos anos. De acordo com estas descobertas, 74% dos entrevistados das indústrias de saúde e farmacêutica afirmaram que “aperfeiçoar a jornada do cliente através de múltiplos pontos de contato” estará entre as mais importantes estratégias de marketing digital no futuro próximo. De representantes de vendas farmacêuticas a equipes de pacientes, o atendimento virtual com informações atualizadas, acessível 24 horas por dia, 7 dias por semana, se tornará a padrão em todo o setor.

 

   5. A transformação digital moderniza processos para maior eficiência

Felizmente, as inovações digitais estão possibilitando que organizações de grande porte, conforme mencionado acima, prosperem em meio a grandes mudanças na indústria. Tecnologias futuras como a IA, que podem tomar decisões complexas usando dados detalhados e cálculos analíticos, estão transformando os processos estratégicos como os conhecemos atualmente.

Por exemplo, à medida que cada vez mais pacientes recebem acesso a dados científicos sobre seus tratamentos prescritos, a transparência dos portfólios de pesquisa e desenvolvimento (P & D) por trás destes tratamentos será fundamental para atender às expectativas do cliente e do paciente, mantendo-os na vanguarda de suas indústrias.

   6. Melhoria no desenvolvimento de medicamentos

Embora a indústria farmacêutica possa delongar a adaptar-se à mudança devido a restrições regulatórias, muitas das principais indústrias farmacêuticas já fizeram progressos significativos em sua jornada para a transformação digital. De acordo com um relatório do Deloitte Center for Health Solutions, o número de aplicativos farmacêuticos desenvolvidos por empresas farmacêuticas triplicou desde 2013, com 305 aplicativos desenvolvidos em 2013 e 988 em 2016.


    Compartilhe:
Voltar para as noticias